Páginas

17 de fevereiro de 2014

Te contar

Sabe, vou te contar uma coisa. Eu curto sonhar. Sonhar alto, livre e sem limite. Odeio que segurem minhas asas. Por medo que eu me machucasse, muita gente já me prendeu no chão. O que eles não sabem é que o mundo é bem mais bonito quando visto lá de cima.

Beleza da tristeza

Acho estranho ter que depender de um único fator para libertar o que quero dizer. Não é mais falta de inspiração. Não é mais falta de tempo. Talvez seja a falta da tristeza. A tristeza me faz enxergar o mundo com olhos de poeta. Mas apenas porque poetas enxergam a beleza nas entrelinhas da tristeza.