Páginas

26 de julho de 2012

Incontrolável

Eu realmente gostaria que esse sentimento não existisse. Machuca demais o resultado e preferia ser fria e mais racional de vez em quando, mas o coração adora gritar para ter a voz mais alta. Na cabeça, cenas do que poderia ter acontecido, cenas improvisadas e forçadas, que fazem tremer as mãos e pés, cenas que tiram sua concentração por horas, cenas que não te deixam desligar o filme para poder dormir em paz. Altas horas da noite, sua mente quer desligar, mas tais pensamentos sentimentalistas não abandonam o cérebro na madrugada. Atormentar. Essa é a palavra que vem participando das minhas noites há meses. Confesso que o tal sentimento até some, mas às vezes ele resolve dar as caras.

Uma parte de mim roga para expulsar esses pensamentos que crescem como pestes, que estragam meu solo fértil de ideias. Minha parte quer expulsar o sentimento porque sabe que ele não possui nenhum tipo de fundamento. Essa é a parte racional, que age com ímpeto na maioria das horas do dia. 

A outra parte de mim, é um problema: se não existe nada acontecendo, ela gosta de criar cenários sombrios e tristes, que magoam em pensamento. Essa minha parte é pessimista, e muitas vezes, adora pregar peças em mim, dizendo que tudo é real. Já acreditei na realidade da minha mente e te dou um conselho: não caia na pegadinha e não deixe que ela te controle, apenas.





11 de julho de 2012

Basta!

A paciência anda meio curta para frescuras. Não gosto de você, que reclama por solidão, que reclama por contato, que reclama por existir, que reclama que as pessoas não te deixam fazer as coisas do seu jeito. Escuta: você nasceu sozinho, portanto vai morrer sozinho; porém, procure amigos que te façam sorrir e não aqueles que fazem comentários negativos e querem que sua vida se acabe só porque a dele não está dando certo. Se você reclama por existir, pare de poluir meus ouvidos com reclamações. Dê cabo de suas amarguras, os nossos ouvidos não são muros de lamentações. E por fim, pare de culpar alguém por não ter conseguido realizar seu maior desejo ou sonho: se você não consegue, é porque és covarde demais para admitir que não tem coragem de enfrentar o leão e alçar seu próprio voo. Livre-se dos freios e busque seu horizonte, porque ninguém fará isso por você.

3 de julho de 2012

Não existe metade

Acho que tem uma frase famosa - de não sei quem - que diz 'não sei amar pela metade'. É impossível você amar só um pouquinho: amor não tem medida se não for maior que o céu.

Não tenha dúvidas

Eu não sei se você já teve essa sensação de querer estar o tempo todo com alguém. Ser feliz com o sorriso ou com o sacolejo da barriga numa gargalhada escandalosa. Estar satisfeito com o 'eu te amo' dito aos sussurros ou com o silêncio, naquela hora em que o olhar diz tudo. Posso até tentar Caio de Abreuzar mas jamais conseguirei porque eu sou meio que incapaz de escrever tudo tudo o que sinto, mas sei amar muito bem, não tenha dúvidas.

2 de julho de 2012

Em busca da ideia perfeita

Todos os dias eu sonho que vou acordar com uma ideia genial na cabeça e, assim que sair da cama, vou saber como executá-la e torná-la realidade. Sabe, às vezes acho que a ideia realmente aparece mas a inabilidade para lidar com isso é incrível. O que eu quero dizer é que talvez, no final das contas, a gente descubra que as coisas são muito mais simples do que imaginamos e muito mais fáceis de fazer do que aquelas milhões de engrenagens que se formam na nossa mente.