Páginas

24 de fevereiro de 2011

Da melhor essência

Não importa o que os outros achem:
Nós devemos fazer o que achamos certo e pronto.
Se alguém quer mudar o seu modo de enxergar as coisas
Ou seu modo de conduzir situações,
Saiba que tal pessoa está querendo mudar sua essência.
Mas a melhor essência é a que se mantém inalterada.

Como a alma de uma flor.



21 de fevereiro de 2011

Divisão de bens

O tempo me escapa por entre os dedos
Não consigo mais conciliar todas as milhões de coisas que quero fazer.
Na verdade, acho que até consigo,
Porque ainda não fui capaz de tentar com todas as minhas forças.
Mas devo dizer
Que não sinto falta de muita coisa.
Tudo se encaixa!

Faço poucas, mas ótimas coisas.
Estou mais feliz do que nunca, com projetos e realizações indo à todo vapor.
Quero compartilhar isso com o mundo,
Mas é cada um por si.
Assim me conformei: todo mundo olha só pro próprio umbigo.

Então divido minha glórias com meu cachorro,
O único sincero que apenas com o silêncio do olhar
Consegue me entender mais do que qualquer ser nesse mundo,
Calmo, como uma manhã de sol.

ao som de Easy, do Faith no More

9 de fevereiro de 2011

Quase Hiroshima

O conceito de liberdade está vindo limitado pra mim. Solte meus braços, não me mande calar a boca, pois quanto mais você manda mais alto eu vou falar. Tô de saco cheio de visão limitada e sem futuro. Vontade total de jogar tudo pro alto, vontade de sair pra longe, tudo que for possível pra me libertar mesmo. Não nasci pra ficar presa a conceitos nem para que me mandem o que fazer ou não.

Até a hora que eu explodir de verdade.