Páginas

16 de novembro de 2008

Futuro

Deixe-me alcançá-lo
Vislumbro-te aqui
Frente. Próximo.

Construindo faces
Com o vento em meu rosto
Ele sussurra
Como serão os minutos seguintes.

Quem sabe
Encontro-te na próxima virada.
Ele sabe.
O vento.

24 de setembro de 2008

Inteira Metade

Pois é,
Lá vou eu nos meus discursos inconsientes sobre a vida de cão.
Que me encanta e me apavora a cada dia.
Iluminada e (im)perfeição.

Sou eu assim, vivendo e aprendendo.
Erros e acertos,
Alguns não reconhecidos, sim claro,
mas não, não queira elogios o tempo todo.
Fantasia de criança.

A vida não é fácil, já me avisaram.
Mas não é impossível,
porque o que me consola
(apesar de não ser digno de se pensar)
tem gente em pior situação do que eu.
Então, por que reclamar?

Para que te chamem de coitado?
Claro que não.
Demonstre, chore e berre a fraqueza dentro de você.
Mas dentro da sua casa. dentro do seu travesseiro.

Não estrapole do portão para fora.
Porque os danos (e impressões)
podem ser irreversíveis.
E você, pode se sentir culpado (com razão) depois.

O auto controle é fundamental.
Mas é que ele é tão AUTO, que eu sei bem.
Não dá MESMO para segurar.

10 de julho de 2008

Ser feliz é...

O que é ser feliz para você?
Talvez dormir por 12 horas seguidas, ou somente um leite quente antes de dormir...

Talvez dar um abraço em quem não se vê há muito tempo...ou ainda brincar com seu cachorro.

Não sei. Várias coisas me fazem feliz... Ou coisas diferentes podem TE fazer feliz.

Quem sabe uma música que te lembra alguém. Ou um jogo de videogame com os amigos.

Cantarolar no chuveiro. Ver vídeos engraçados na internet. Brincar de lutinha de isopor com seu irmão. Ou criar uma apresentação no PowerPoint com fotos antigas da sua época de escola.

Dar um abraço e um beijo bem grande em quem se ama, seja sua mãe ou namorado. Não importa em quem, desde que seja em alguém especial.

Conversar com pessoas diferentes do habitual. Ajudar sua avó a fazer um bolo. Tomar um banho quente num dia frio. Compor alguma música ou poema pensando em alguém.

Desenhar, para expressar o que se tem na cabeça. Olhar bem fundo nos olhos de um animalzinho e imaginar o que ele pensa. Ter um papo inteligente com alguém que se admira muito.

Ouvir sua música preferida no último volume. Chorar para comemorar o nascimento do seu primo ou irmão. Ou só porque seu time venceu. Imaginar como será sua vida daqui a dez anos. O que você terá conquistado. O que o futuro aguarda para você.

Imaginar se amanhã ou mês que vem o amor baterá a sua porta. Se, quando for à padaria pela manhã, alguém te achar especial, só pela maneira que você pediu 250 gramas de mussarela. Se um dia aí, tropeçar e alguém vier te ajudar a recolher seus cadernos e no momento da entrega,ele (a) olhará bem fundo nos seus olhos e perceberá o monte de segredos e alegrias que você pode levar a ele (a).

Aprender algo novo, mas usar e abusar da humildade e da troca de experiências que isso pode lhe trazer. Andar de mãos dadas. Acreditar que é eterno enquanto dure qualquer coisa que você faça de bom. Passar horas falando bobagens com seu amigo.

Tudo isso não tem preço. Tudo isso vivemos todos os dias. Ás vezes nós deixamos passar. E quando não tivermos mais chance de recuperar, lamentaremos.

Lamentaremos o tempo que éramos jovens. Lamentaremos a chance que tivemos de mudar o mundo. Mas ficamos parados, talvez perdendo tempo com coisas fúteis como compras compulsivas. Ou fofocas.

Coisas simples são mais valiosas que qualquer jóia.

Dê valor. E no futuro você lembrará.

16 de junho de 2008

Orgulho

Orgulho é bom?
Não sei.
Às vezes estraga,
Às vezes é preciso.
O problema é nunca saber quando usá-lo.

Dúvidas me assolam.
Será que devo
Depois de ter dito não?
Quando saber quando voltar atrás?

Reflexões apenas
De quem não sabe
Se deve ferir novamente
Aquele que um dia lhe fez tão bem...

*saudades.sinceras.de.você*
*Ouvindo The Metal Opera - Avantasia*

14 de junho de 2008

Invariável

Bom é escolher os amigos
Para sempre no coração
Qualquer um dos verdadeiros
Estarão sempre comigo
Não importa onde estejam
Não importa onde vão
Realizam-me
E ajudam-me a descobrir quem sou.


Obrigada a todos aqueles que não me deixam desistir.

Seja à distância, seja pessoalmente.
Obrigada por estarem ao meu lado.




1 de junho de 2008

Nostálgico

Como eu queria que o tempo parasse
Para que eu admirasse
O pôr do sol

Saudades tenho
Da época de ócio
Salgadinhos no sofá
Compromisso com o equinócio

Tempo de sobra com a família
Agora estranha em sua própria casa
Como queria que aquele tempo voltasse

Jogando videogame
Sem compromisso com o amanhã
Pelo menos por um dia
Esse sonho poderia se tornar realidade né?

1 de maio de 2008

Cura da Quebra

Tudo volta ao normal
Quando as duas partes querem
Tomando muito cuidado
Para que a amizade não mais quebre.

Eu costumava ser
Um pouco mais dura
Mas descobri na consciência
Minha cura

Saudade sim
Você mora aqui
Não sei o que foi
ou quem foi o estopim.

Mas você voltou.
Meu caqui!
Limão
Do Mandaqui!


OBS²:: (titulo by: Tyago) ;D

22 de abril de 2008

Post 4 Minutos

Sem muitas palavras.
Agradeço a tudo e a todos.
Por aceitarem o que escrevo
Inclusive os meus esboços.

Sons do Plus.
Uma da manhã
Dor nas costas
Comendo maçã

hahahaha
Poema tosco.
Feito na pressa.
Acabamento fosco.

15 de abril de 2008

Incontestável

Eterna paciência
Oh dádiva!

Somos feitos para sermos
Expostos, Testes diários.
Todos os que merecem
Deveriam receber um prêmio
Por aguentar
Todos aqueles que se esquecem.

Ossos do ofício
Já dizia o outro
Somos heróis.
(A)guardamos o tesouro.
O melhor de tudo vem no final.
Não tem prêmio igual.

Quando você recebe aquele sorriso
Gratidão estampada no rosto
De quem olha pra você e diz, bem posto
"Cara Professora, De você Preciso".

13 de abril de 2008

Vento da Meia Noite

Abro a janela do carro
Aquela noite fria me dá boas vindas.
Não tenho medo do amanhã.
Não preciso.

Aquela brisa me fortalece.
Me faz pensar no depois.
Me faz mudar. Pensar. Evoluir.
A palavra chave.

Como se você não soubesse que está sendo difícil.
Fica jogando na cara que sou perdedora.
Rindo de mim. Mas você verá.
Está perdendo tempo falando ao invés de agir.
Vai ver quem vencerá.

Mas não penso apenas no ter.
A essência. O Ser. Nunca deixarei pra trás.
Porque essa importância?
Porque sei que um dia alguém aprenderá a admirar.
Sem relutância.

23 de março de 2008

Primeiros Dias

Ontem mesmo estava me lembrando
Dos primeiros dias que passei.
Não com um.
Mas com todos.
Apenas sonhei.

Como aquele tempo era bom.
Tinha algo em que pensar.
Uma simples música.
Me fazia lembrar.

Poucos fizeram diferença, é verdade.
Poucos Marcaram a memória.

Mas você aí, o Último.
Você é diferente.
Não consigo ter ódio de você.

Ainda tenho o gatinho.
Ainda lembro de todas as músicas.
Lembro dos momentos.

E você aí, o Penúltimo.
Guns me lembra você.
Aliás, você ficou me devendo um contra! ^^
Papos de duas horas.
A duras penas disse não pra você.
Mas já passou.

Enfim.
Podemos nos livrar de tudo.
Presentes. Pessoas.
Mas da lembrança?

Nem o pior assassino pode trair sua consciência.

15 de março de 2008

Poemas desencontrados

O ar está com cheiro de juventude.
Minha cabeça é um jardim de lembranças.
O meu nariz pode ter defeito
Mas me lembro de quando era criança.


De quando eu era um monstrinho.
Isolada em um canto
Triste e solitária.
Perdendo o encanto.


Quando, de repente, uma luz.
Uma luz loira e branca.
Um tapa, um “acorda”!
“Quanta coisa você ta perdendo, potranca!”


Um dia me levanto, sentindo- me mais.
Mais do que antes.
Mais do que agora.
Mais do que nunca.







___

Obs:::

*Tyago! Não encare isso como pagação de pau! Encare como fonte de inspiração. ValeO^^
**O meu muito obrigado pra Gab's, que foi a minha luz branca e loira! amow s2
*** To falando que quando eu to inspirada, sai de baixo ^^
**** Eu sei, não taquem pedras. Não sou poetisa mesmo... mas eu gosto de escrever! o.O


xD~ (feliz³)

9 de março de 2008

DeceptioN ¬¬'

Pessoas com quem voce convive toda a sua vida.
Num instante, todas elas transformadas. Vazias. Inúteis. Fúteis.

Pessoas com que se era capaz de conversar sobre qualquer assunto.
Hoje, incapaz de conseguir completar uma frase sem que esta contenha a palavra *menino*, *beijo* ou *balada*.

Hoje as pessoas mudam sua essência como mudam de cueca. Ninguém mais se mantém íntegro. Mudar comportamento, tudo bem. Mudar pensamento, melhor ainda. É sinal de evolução. Mas mudar a sua essência? Aquilo que te caracteriza em nome de algo que nao vale a pena? Será que sua personalidade vale tanto assim?

Na boa, acho que não.
Mas do que adianta. Você sabe ouvir crítica? Não né. Sempre que ouve alguma, teima em se achar dona da verdade e persiste com esse seu cabeça-durismo. Nesse orgulho idiota.
Tudo bem, nao vou discutir sobre conselhos.
Cada um faz o que quer. Quando quer. Como quer.
Mas cuidado.
Sua reputação nao gosta muito dessa liberdade.
E minha conciência está tranquila. Fiz minha parte.

Só não venha pedir ajuda lá na frente, quando estiver afundada nos comentários maldosos.
Eu e você sabemos que você nao fez/faz nada de errado. O duro é conseguir convencer os outros disso depois.


Você não precisa seguir o que eu falo.Mesmo porque não sou sua mãe. Mas saiba que eu te amo. Por isso, digo o que digo, OK?


Que pena que você não é mais a mesma pessoa. Só lamento.






* E fulano, te prefiro como amigo.<\aspas>

5 de março de 2008

AFF. Gente folgada ¬¬


Como tem gente folgada nesse mundo. AFF!

Você trabalha o dia inteiro e por isso, tem que ir estudar à noite. OK. Até aí tudo bem.

Mas ai sempre tem os Playsson da vida... Os filhinhos de papai que não fazem merda nenhuma durante o dia, e quando chega na escola, se acham no direito de atrapalhar a vida de quem tá lá, batalhando pra entrar na faculdade, querendo estudar.

Se você não quer estudar, beleza. O problema é seu. Não serei eu mesmo que vou ter um empreguinho de quinta o resto da vida.

Mas meu, fica em casa, não atrapalha quem tá de boa.

Se todo mundo que não estuda soubesse o que tá perdendo... Com certeza não ficaria contando pras amigas os sapatos que comprou ontem ou a quantidade estrelas de garotas que pegou na ultima balada.

Anyway, eu vou entrar na Faculdade. Na Federal. To acreditando.

Eu vou conseguir. \o/

Depois, vou rir com gosto daqueles que estão dormindo no ponto.

Não é culpa minha se você quer seguir esse caminho. Somos livres!

Um ditado passou a fazer parte da minha vida:

Você pode fazer o que quiser. Você é livre. Só arque com as conseqüências depois.

Para encerrar o post, a frase do ano:

Enforque-se com a corda da liberdade.



*Talvez você não me entenda. Mas eu realmente gosto de estudar. Sempre gostei.

:)

2 de março de 2008

Desencargo II


Se mataa!
A pessoa ir na casa dos outros só para:

- mexer no pc

- dormir

- comer

Sem comentários!


Hahahaha

Desculpa gente, volytar a postar aqui e começar com um post revoltado. Hahaha. Eu mereço. Só porque sou eu!

Gente, estou inserida no Mundo cão!

Mundo do trabalho.

Mundo Doido!

Whatever!

Que saudadinha do tempo da escola. Que eu chegava. Almoçava. Assistia Tom e Jerry. E Cochilava até as 6.

Hahahhaha

Hoje? HÁ! O tempo passa tão rápido que eu nem vejo. Acordo e quando vejo chego em casa pra dormir.

Pasmem. Isso, tô sentindo é todo dia!

;)

Ai, ai. Loucura... mas é gratificante né... sei que recompensas virão lá na frente.

Sempre na lutaa.

*mais um post pra desencargo/atualização Ok’s?

**Sei que ninguém mais lê aqui... mais tudo bem!

Beeeeeejo

;)

19 de janeiro de 2008

Conselhos, eis o problema.

[PAUSA]
Depois de tanto tempo, tô de volta!
Ó: Nova modalidade aqui no blog.
Pretendo abrir espaço aqui pra pequenos debates, vamos ver se dá certo. Vou criar um tema, fatos do cotidiano talvez, qualquer coisa. Depois, nos comentários, a gente discute.
<'Fase de testes. Não se importem com discordâncias e etc. ;) '>

*apresentando personagens principais dos Posts:::: Consciência & Subconsciente*


Não sei se fui eu quem inventou, mas... anyway.
*Só pra constar, tive essa idéia dormindo.
^^

[/PAUSA]


_______//_______



Tema: Conselhos, eis o problema.

Fato:
[ABRE ASPAS] Venho passando por isso há um bom tempo já. Amigos chegam em mim para pedir conselhos sobre, principalmente suas vidas pessoais. Antes eu dava minha opinião mesmo, não me importando com o que o outro lado pensava. Mas depois de um tempo, uma coisa chamada consciência me deu um chute e me disse:
-“Quem você pensa que é pra se meter na vida dos outros? Por mais que te perguntem o que fazer, você tem que ser prudente. E se alguém segue seus conselhos e se ferra depois? Como você escaparia dessa?”
Mas o meu subconsciente travava uma batalha com a consciência, se defendendo ao máximo:
-“Mas, criatura, a pessoa não tá vindo te perguntar? Então ela precisa da sua ajuda! Ela QUER a sua ajuda!”
-“Mas você não tem nada a ver com a vida delas! E se tiver, elas tem que aprender a tomar decisões por si mesmas.”
-“Mas como elas vão crescer como pessoa sem a sua ajuda? Você pode ajudá-las a evoluir...”
-“A questão é: como elas irão crescer com alguém do seu lado lhe dizendo sempre o que fazer, perguntando sempre qual será o próximo passo?”
-...
[FECHA ASPAS]
___//___


Ps’s:
1º: 1 milhão de anos sem postar. Mas tudo bem! VOLTEI! *palmas*
2º: Sim, quero que comentem. Já passaram por isso também? Conta tudo! ^^
3º: E não, não adianta. Não revelarei nomes, Belê?
4o: O subconsciente ficou no caladinho durante um tempo, vindo me importunar em outras ocasiões, que contarei nos próximos posts... :)

Até a próxima
;)